Rua Onze . Blog

Junho 03 2009

 

Capa do volume CARA LH AMAS, Poemas Eróticos e Sarcásticos (1975), baseada no poema visual ESTRUTURALHO, de Ernesto Manuel de Melo e Castro (n. 1932).

 

Transcreve-se um poema escatológico, e não erótico, desse volume:

 

DA CRÍTICA IMPRESSIONISTA

 

a merda medra amigos

no meio um metro dela

desde os modernos aos antigos

a merda medra toda ela

em qualquer unidade

desde os litros aos quilos

floresce sem idade

de mamutes e de esquilos

é substância universal

inevitável cheiro

do pensamento o sal

 

a merda foi criada

com qualidades tais

de impressionismo e odores

só para dar realce e brilho naturais

a críticos quejandos e doutores.

 

Compare-se este com o poema Sua Putidade o Crimertídaco (http://blogdaruanove.blogs.sapo.pt/6730.html), de Jorge de Sena (1919-1978).

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 14:07

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

Capas & Companhia

blogs SAPO