Rua Onze . Blog

Julho 24 2009

   

 

Capa e contracapa da edição francesa (Tours, 1889) de Joseph Saule, "imité de l'allemand par Marcelle de Saint-Edme [datas desconhecidas]".

 

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 11:14

Julho 06 2009

 

 

"Tendo chegado a Kobe, onde ha dois dias, mesmo fundeados, apanhámos muito mau tempo, mas sem consequencias funestas, quero mandar-te noticias minhas, ainda que falte o tempo para uma longa carta.

 

Passo regularmente; a viagem tem-me fatigado, mais nada.

 

Kobe é uma importante cidade japoneza, linda como tudo o que é japonez; as suas curiosidades são carissimas, e não chegam á minha bolsa; jarras, por exemplo, de um e dois contos de reis cada uma!... São só para principes.

 

Tenho-me limitado a dar alguns passeios, e ha coisas realmente admiraveis. Uma informação de uns antigos parentes: em Nagazaki esteve comnosco um navio brazileiro; disseram-me que o Guilhobel [José Cândido Guilhobel] está no Rio, é casado e tem 3 filhos; e é um dos officiaes mais distinctos da marinha brazileira."

 

Excertos de uma carta endereçada a sua irmã Francisca Adriana Palmira (datas desconhecidas), enviada de Kobe e datada de 22 de Agosto de 1889.

 

© Rua Onze . Blog  

publicado por blogdaruanove às 16:00

Julho 03 2009

 

Bilhete postal do primeiro quartel do século XX representando uma das danças tradicionais efectuadas durante a coroação do imperador do Japão.

 

"Estou no Japão, como vês; ratices d'estas, (refiro-me ao papel), só aqui se encontram. Recebi em Nagazaki muitas cartas tuas e uma da Emilia com o retrato da filha; seria impossivel responder a tudo por junto, e vou-me referir aos pontos principais.

 

(...)

 

Para te falar do Japão, dir-te-hei que, pelo que por ora conheço, acho-o lindo, encantador. Aqui passaria feliz o resto dos meus dias. Veremos o resto, Kobe e Yokohama, que ainda devemos visitar.

 

Que linda vegetação! que adoraveis passeios! que gente tão agradavel! que mulheres tão sympathicas! terra para gente nova, feliz e endinheirada, esta Nagazaki. Os costumes são dos mais estranhos: – quando se entra em casa, deixão-se os sapatos á porta; nas casas não ha mobilia, e só esteiras sobre que a gente se senta; nos quartos de banho publicos homens e mulheres tomam o seu banho á vista de quem passa... e sem sombra de camisola!... etc., etc.; é conversa isto do Japão, para quando nos tornarmos a vêr.

 

Continuarei sempre escrevendo; estou regularmente de saude, e nada mais ha a contar-te"

 

Excertos de uma carta endereçada a sua irmã Francisca Adriana Palmira (datas desconhecidas), enviada de Nagasaki e datada de 9 de Agosto de 1889.

 

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 16:00

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


subscrever feeds
Visitas
blogs SAPO