Rua Onze . Blog

Maio 07 2009

 

O seu horizonte elevava-se como uma parede de terra amarelada e granulosa, sulcada por  cicatrizes profundas e cheias de sombra.

 

Cicatrizes longas e ressequidas, guardando sinuosas memórias das chuvas, escaldantes e silenciosas, ao sol do meio-dia, misteriosas e inquietantes, ao cair da tarde.

 

Cansada deste horizonte, virou-se, desviando o olhar e enchendo os olhos de azul e de mar. 

 

Cerrando as pálpebras, serena, deixou então que a noite chegasse.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 19:38

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






subscrever feeds
blogs SAPO