Rua Onze . Blog

Janeiro 11 2010

Jarra modelo 713-B, da década de 1950 ou 1960.

 

A fábrica Aleluia, em Aveiro, foi uma das empresas cerâmicas portuguesas que mais apostou na renovação do design e da decoração como forma de relançar a indústria no mercado do pós-guerra.

 

Assim, a sua produção das décadas de 1950 e 1960 permanece hoje como testemunho de uma contribuição notável para o modernismo português desse período, rivalizando com aquilo que de melhor e mais vanguardista se produziu na cerâmica europeia.

 

Dedicando-se actualmente à cerâmica sanitária e de revestimento como produção prioritária, a Aleluia Cerâmicas (http://www.aleluia.pt/) mantém contudo uma produção de estúdio dedicada a intervenções artísticas e à arte pública, projecto valorizado com a tradição e a vocação de uma das fábricas entretanto adquiridas pela empresa, a Viúva Lamego, de Lisboa.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 23:06

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Visitas
blogs SAPO