Rua Onze . Blog

Agosto 07 2009

© Fundação Casa de Rui Barbosa

 

Contaram-me ontem que quando Ribeiro Couto (1898-1963) chegou a Portugal, em 1944, para assumir as suas funções diplomáticas, teve de imediato grande interesse em encontrar-se com Miguel Torga (pseudónimo de Adolfo Rocha,1907-1995). Ensaiou esse encontro por diversas vezes, mas a propalada misoginia de Torga parecia obstáculo difícil de ultrapassar.

 

Resolutamente, Ribeiro Couto decidiu então apresentar-se  um dia em Coimbra, à porta de Miguel Torga. Era já o fim da manhã, a conversa animara-se e acabou por ser convidado para almoçar. Durante a refeição, na companhia de Andrée Crabbé (1917-2003), a conversava manteve-se acesa, crescendo a empatia entre os dois escritores.

 

A dada altura, encantado com aquela calorosa e íntima camaradagem que contrariava a austeridade, o distanciamento e a falta de sociabilidade que atribuíam a Torga, Ribeiro Couto não se conteve e exclamou amistosamente: – "Ó Torga! Sabe o que você é? Um hipócrita!". E Torga, passado o espanto inicial, sorriu, continuando a almoçar, agradado com a frontalidade daquele convívio e daquela amizade.

 

Ribeiro Couto conseguira ver para além da máscara e chegara-lhe à franqueza da alma...

 

 

Consulte mais informação sobre Ribeiro Couto e o seu arquivo em: http://www.casaruibarbosa.gov.br/dados/DOC/literatura/ribeiro_couto/arquivosliterarios_ribeiro_couto.htm

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 14:47

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Visitas
blogs SAPO