Rua Onze . Blog

Janeiro 25 2010

 

Fundada em 1748 no Ducado de Lorena, por François Boch (datas desconhecidas) a empresa desdobrou-se em 1787 numa outra companhia, Jean-François Boch et Frères, localizada no Luxemburgo.

 

Por separação de património entre herdeiros e posterior deslocalização, já no século XIX, esta última viria a dar origem à famosa empresa Boch Frères / Keramis, da Bélgica (cf. http://blogdaruaonze.blogs.sapo.pt/tag/boch+fr%C3%A8res), aclamada pela sua  produção e decoração Art Déco em grés e faiança.

 

Entretanto, Nicolas Villeroy (datas desconhecidas) fundara, em 1781, uma empresa em Vaudrevrange / Wallerfangen, no Sarre, que se viria a unir às fábricas anteriormente citadas, dando origem à denominação Villerroy & Boch em 1836.

 

Hoje em dia, a marca V&B (http://www.villeroy-boch.com/en/us/home.html?no_cache=1), continua na linha da frente do mercado alemão de porcelana e cerâmica em geral, detendo sólida imagem no mercado internacional e sendo tão prestigiada como a Rosenthal (http://www.rosenthal.de).

 

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 23:58

Janeiro 25 2010

 

Fragmento de um tríptico de azulejos, pintados à mão, da Fábrica do Desterro, em Lisboa.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 22:49

Janeiro 25 2010

 

SERRA DA ESTRELA – Lagoa Comprida

Bilhete postal circulado de Bragança para Lisboa, em Julho de 1965.

Edição da Casa Esteves, Manteigas.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 19:00

Janeiro 25 2010

 

Grande prato de parede com decoração pintada à mão e alguns contornos acentuados a sgraffito. Nesta técnica, a pasta, depois de pintada, é riscada ou raspada para expôr a(s) camada(s) inferior(es) e conferir relevo ao trabalho final.

 

Esta peça encontra-se assinada e datada, na frente, a sgraffitoJ P 51, o mesmo ocorrendo no verso, a tinta. Embora estilisticamente o traço também recorde a obra de Alice Jorge (1924-2008), é muito provável que o prato seja do início da fase cerâmica de Júlio Pomar (n. 1926), que executou alguns trabalhos na fábrica Secla, das Caldas da Rainha, e na efémera Cerâmica Bombarralense (1944-1954).

 

     

 

© Rua Onze . Blog


Janeiro 25 2010

 

Perpassando entre as pedras, esculpindo o tempo,

 o desejo reflecte nas águas o nosso esfíngico olhar.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 08:37
Tags:

Janeiro 25 2010

 

Capa de David Ford (datas desconhecidas), com fotografia da actriz Carol Androsky (datas desconhecidas) por Hank Kranzler (Henry "Hank" Kranzler,1920-1999), para The Innocent Party (1966), uma compilação de quatro peças de teatro de John Hawkes (1925-1998).

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 01:42

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






subscrever feeds
Visitas
blogs SAPO