Rua Onze . Blog

Fevereiro 28 2009

 

63 – PARIS – EXPOSITIONS DES ARTS DÉCORATIFS

PAVILLON de la VILLE de PARIS (Roger Bouvard, André Vincent, Six et Labreuille, arch.)      A.P.

 

Fotografia de A. Papeghin (Paris - Tours), edição de Établissements Papeghin, 24, Rue des Petites-Écuries, Paris.

 

© Rua Onze . Blog


Fevereiro 28 2009

 

51 – PARIS – EXPOSITIONS DES ARTS DÉCORATIFS

PONT ALEXANDRE III – Les BOUTIQUES (Maurice Dufrêne, architecte)      A.P.

 

Fotografia de A. Papeghin (Paris - Tours), edição de Établissements Papeghin, 24, Rue des Petites-Écuries, Paris.

 

© Rua Onze . Blog


Fevereiro 28 2009

 

49 – PARIS – EXPOSITIONS DES ARTS DÉCORATIFS

PORTE de la CONCORDE   (Patout, architecte)      A.P.

 

Fotografia de A. Papeghin (Paris - Tours), edição de Établissements Papeghin, 24, Rue des Petites-Écuries, Paris.

 

© Rua Onze . Blog


Fevereiro 28 2009

 

61 – PARIS – EXPOSITIONS DES ARTS DÉCORATIFS

VUE d'ENSEMBLE de l'ESPLANADE prise de l'HOTEL des INVALIDES      A.P.

 

Fotografia de A. Papeghin (Paris - Tours), edição de Établissements Papeghin, 24, Rue des Petites-Écuries, Paris.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 10:57

Fevereiro 27 2009

 

Publicada entre 1934 e 1947, a revista O Mundo Português tinha edição conjunta da Agência Geral das Colónias e do Secretariado da Propaganda Nacional (SPN; a partir de 1944, SNI).

 

A primeira instituição havia sido criada em 1924 (e refundada por decretos de Março e Dezembro de 1932) e a segunda em 1933, ano em que a nova constituição veio consolidar juridicamente o Estado Novo de António de Oliveira Salazar (1889-1970).

 

Esta revista traduzia claramente a política do regime sobre a recuperação do conceito de império colonial, sendo um dos principais veículos de propaganda do africanismo e dos africanistas. Obviamente, teve ainda papel primordial na divulgação e promoção da Exposição Colonial do Porto, em 1934.

 

A propaganda, tal como era entendida pelo director do SPN, António Ferro (1895-1956), deveria utilizar e promover também a arte e a literatura, pelo que esta revista apresentou desde o seu início diversa colaboração literária, quer de africanistas quer de autores naturais das colónias.

 

O número 26, de Fevereiro de 1936, cuja capa aqui se reproduz, foi dedicado a Cabo Verde, no seguimento de uma política editorial que previa, pelo menos, um número temático dedicado a cada uma das colónias.

 

(continua na próxima semana)

 

© Rua Onze . Blog 


Fevereiro 27 2009

 

ELVAS. – Panorama tomado do baluarte

Bilhete postal do início do século XX.

Emissão de editor não identificado.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 19:00

Fevereiro 27 2009

Photo © Fernando Ribeiro

 

Soltam-se as palavras. Zunindo, um turbilhão babilónico, crescente e ininteligível, amplia de forma inumana a cacofonia da torrente sonora. Silencioso, o pensamento vai ficando petrificado perante esta hipnótica ondulação, nova e inesperada metamorfose de Medusa.

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 12:56

Fevereiro 27 2009

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 00:07

Fevereiro 26 2009

 

Frasco de chá em faiança estampada e pintada à mão, a ouro e esmalte policromado.

Peça produzida na Fábrica de Loiça de Sacavém, Portugal, em meados do século XX.

 

© Rua Onze . Blog


Fevereiro 26 2009

 

Leituras recomendadas para contextualizar e complementar a imagem do post anterior – as aventuras de Spirou e Fantásio, em banda desenhada, e o conto Marsupilami, publicado no livro Homens-Aranhas (1994), de Rui Zink (n.1961; site do autor: http://www.ruizink.com/).

 

 

© Rua Onze . Blog

publicado por blogdaruanove às 01:28

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9




subscrever feeds
Visitas
blogs SAPO