Rua Onze . Blog

Julho 28 2009

 

"Tiveste bonitas azagaos, fizeste a colheita das sementes, que deste a algumas pessoas. Mto. bem. Olha: eu já não penso em azagaos, falta-me o tempo p.ª tanto; mas, se me podes mandar 2 grãos de semente da vermelha pequenina, e outros 2 grãos de semente da roxa pequenina (ao todo 4 sementes, não mais), manda-me immediatamente, para eu ainda poder semear, pois são essas duas qualidades que eu mais estimo, e ainda quero ver se consigo semeal-as.

 

Falemos agora do retratinho. Magnifico. Mto. obrigado. Pagaste por certo bons escudos, o que me causa pena.

 

O teu "Xano" continua melhor, mas feio e triste. Os gatos não vivem muito; uns 12 annos é o maximo. O meu morreu ha poucas semanas, soffrendo muito durante uns 2 ou 3 annos. Há poucos dias obtive uma gatinha ainda m.to nova, da raça chamada aqui miké, que quere dizer de 3 côres (branca, amarella e preta) pouco vulgar no Japão, e não sei se ha em Portugal. Não há gatos miké, todas são gatas. É linda. Eu não posso viver sem um gato, ou antes uma gata. Adoro estes animaes. Alem d'isso, ha a utilidade absoluta de ter gatos em casa. Depois de morrer o meu gato, os poucos dias que estive sem o bicho foi uma desgraça! As ratazanas invadiram-me logo a casa, estragaram-me muita coisa, mataram e devoraram os meus frangos, foi o diabo. Logo que entrou a gatinha, matou 3 ratazanas, e as outras todas desapareceram de casa."

 

Excerto de correspondência endereçada a sua irmã Francisca Adriana Palmira (datas desconhecidas), enviada de Tokushima e datada de 23 de Novembro de 1927.

 

© Rua Onze . Blog 

publicado por blogdaruanove às 16:00

Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
blogs SAPO