Rua Onze . Blog

Maio 25 2009

 

Veio por fim o terrível dia em que se faria o terceiro e último esforço para moldar o grande sino. E Ko-Ngai, juntamente com a sua aia, acompanhou seu pai até à fundição, tomando lugar numa plataforma sobranceira ao labor dos moldadores e à lava do metal liquefeito. Todos os trabalhadores executavam as suas tarefas em silêncio. Não se ouvia um som, excepto o crepitar das fogueiras. Um crepitar que se aprofundou num rugido, lembrando a aproximação de um tufão. O lago rubro de sangue metálico acendeu-se lentamente, qual vermelhão de sol nascente. O vermelhão transmutou-se numa radiante incandescência de ouro e o ouro embranqueceu de forma cegante, como face prateada de lua cheia. Todos os trabalhadores cessaram então de alimentar a desvairada chama, fixando o seu olhar nos olhos de Kouan-Yu. Kouan-Yu preparava-se para dar o sinal de moldagem.

 

© Rua Onze . Blog


Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Visitas
blogs SAPO