Rua Onze . Blog

Maio 21 2009

 

Ora, Kouan-Yu tinha uma filha de deslumbrante beleza, cujo nome – Ko-Ngai – estava sempre na boca dos poetas e cujo coração era ainda mais belo que a sua face. O amor de Ko-Ngai pelo pai era tal que havia recusado uma centena de valorosos pretendentes, para não deixar a casa desolada com a sua ausência. Ao ver a tremenda missiva amarela, selada com o Selo do Dragão, receando pelo destino de seu pai, desmaiou. Quando recuperou os sentidos e a sua força retornou, não pôde descansar nem dormir, pensando no perigo em que se encontrava seu pai. Até que secretamente vendeu algumas das suas jóias e se apressou até um astrólogo com o dinheiro obtido, pagando-lhe uma grande soma para a aconselhar acerca dos meios que poderiam salvar seu pai dos perigos que pendiam sobre ele. Por isso o astrólogo perscrutou os céus e observou o aspecto da Corrente de Prata (por nós denominada Via Láctea), e examinou os signos do Zodíaco, o Hwang-tao, ou Estrada Amarela, e consultou a tabela dos Cinco Hin, ou Princípios do Universo, e os livros místicos dos alquimistas. E depois de um longo silêncio respondeu-lhe, dizendo:

 

© Rua Onze. Blog


Aki ó-matsu Hito ó-mayowasu Momiji-kana!...
mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Visitas
blogs SAPO